França multa Google em 50 milhões de euros por uso de dados pessoais

Autoridade disse que falta transparência e informação oferecida pela empresa é insatisfatória

A autoridade francesa de proteção de dados anunciou nesta segunda-feira (21) que multou em € 50 milhões (R$ 214,2 milhões) o Google por não informar claramente seus usuários sobre sua política de uso de dados pessoais.

A Comissão Nacional de Informática e Liberdades (CNIL) determinou a sanção contra a gigante americana por “falta de transparência, informação insatisfatória e ausência de consentimento válido” sobre o uso de dados pessoais de seus usuários, de acordo com um comunicado.

De acordo com a CNIL, o Google torna muito difícil para os usuários entenderem e gerenciarem suas preferências em relação ao uso de seus dados pessoais, especialmente em termos de publicidade direcionada.

Leia o restante da notícia aqui.